O necessário combate pela adaptação às mudanças climáticas *

Ainda sem que a pandemia do vírus SARS-CoV 2 (vulgo Covid) esteja debelada e com os seus malefícios provocados nos habitantes de todos os países – uns mais que outros – ainda em atividade, com perda de milhões de vidas humanas, as notícias que enchem os telejornais diários sobre catástrofes provocadas por fenómenos meteorológicos extremos, como cheias e incêndios devastadores, secas e tempestades destruidoras, etc., demonstram … Continue a ler O necessário combate pela adaptação às mudanças climáticas *

A fruta do tempo *

A vaga de calor que tem varrido o país trouxe a inevitável fruta do tempo: incêndios rurais e discursos sobre incêndios rurais. Em primeiro lugar, os incêndios rurais e, em particular, os incêndios florestais são inevitáveis. São um fenómeno natural que acompanha a Humanidade desde a origem dos tempos. “Portugal sem fogos” é expressão de desígnio bem-intencionado. Mas é igualmente resultado de uma visão idealista, … Continue a ler A fruta do tempo *

Pode o feminismo materialista fugir ao confronto da colonialidade? *

Os movimentos feministas têm uma longa e controversa história que já percorreu mais de um século. São atravessados de pluralidade e algumas contradições, como não poderia deixar de ser, pois o grupo social mulheres é constituído por outras hierarquias sociais, por ex., de classe social, de racialização, de orientação sexual, de capacidade, entre outras. Por isso, muitas/os de nós designamos no plural para dizer dessa … Continue a ler Pode o feminismo materialista fugir ao confronto da colonialidade? *

A carta da Comissão Europeia ao Estado português sobre a restruturação da TAP *

Da TAP só podem ficar despojos Em Julho, a Comissão Europeia escreveu ao Estado português a dar-lhe um mês para apresentar observações e informações antes do veredicto definitivo sobre a TAP. Mas não para dar informações que o governo se tivesse descuidadamente esquecido de dar à primeira. O prazo é para alterar o plano. As ordens são: – Aumentar a “participação própria” da companhia no … Continue a ler A carta da Comissão Europeia ao Estado português sobre a restruturação da TAP *

GROUNDFORCE: um caso de privatização dos lucros e nacionalização de prejuízos. *

Em nome da eficiência da concorrência privatizaram-se vários setores da economia portuguesa, alegando-se a ineficiência e a incompetência do Estado em gerir vários setores da economia. O setor aeroportuário não fugiu a esta fúria predatória capitalista financeira neoliberal. O caso da GROUNDFORCE é paradigmático por ser uma empresa que atua em condições sui generis, visto que a atividade de handling só pode ser exercida por … Continue a ler GROUNDFORCE: um caso de privatização dos lucros e nacionalização de prejuízos. *

Banco de Fomento – apenas mais um banco comercial? *

Um Banco de Fomento não é o instrumento para o planeamento integrado, ecológico e económico na sociedade socialista, mas é uma ferramenta para o desenvolvimento económico-social do país diminuindo as assimetrias entre os grandes centros e o interior. Tem-se verificado, devido à predominância das influências privadas, que as administrações bancárias são permeáveis a um estilo de gestão casuística em que os interesses da sociedade são … Continue a ler Banco de Fomento – apenas mais um banco comercial? *

A floresta arde – e tem gente lá dentro! *

 Os incêndios rurais reaparecem a cada Verão, mas agora começam mais cedo e acabam mais tarde…as tais alterações climáticas. De uma situação em que a maior parte do orçamento era destinado ao combate, nos últimos anos (especialmente após o ano trágico de 2017) a maior atenção para a prevenção tem vindo a equilibrar estas contas. Os Planos de Transformação da Paisagem, aprovados em 2020, e … Continue a ler A floresta arde – e tem gente lá dentro! *

Considerações sobre confiança, política e “confiança política” *

Confiança em alguém é aquilo que nos faz pensar e sentir que aquilo que esse alguém dirá e fará no futuro corresponde àquilo que nos disse e diz que diria e faria. O curioso conceito de “confiança política”, ultimamente em voga, só deveria, forçosamente, poder significar: aquilo que nos faz pensar e sentir que aquilo que alguém dirá e fará no futuro, no terreno da … Continue a ler Considerações sobre confiança, política e “confiança política” *

O CARTAZ CUBANO DOS ANOS 1960 COMO EXEMPLO DA COMUNICAÇÃO VISUAL NA CONSOLIDAÇÃO DA MENSAGEM REVOLUCIONÁRIA *

Em 1959, desde o alvor da Revolução Cubana, o cartaz gráfico foi um dos principais sistemas de comunicação e mobilização do novo poder na ilha caribenha. Cuba possuía já uma experiência gráfica que distinguia o seu design, designadamente através das caixas de charutos ou dos cartazes de cinema. Há que considerar ainda que as artes plásticas cubanas, já antes da Revolução, tinham fincada uma desenvoltura, … Continue a ler O CARTAZ CUBANO DOS ANOS 1960 COMO EXEMPLO DA COMUNICAÇÃO VISUAL NA CONSOLIDAÇÃO DA MENSAGEM REVOLUCIONÁRIA *