Transição energética: Por uma via com emprego qualificado!

Nos últimos tempos assistimos ao anúncio de vários processos de restruturação ou de encerramento de unidades industriais de grande dimensão à escala do nosso país. São esses por exemplo os casos da central termoelétrica a carvão de Sines e da refinaria de Matosinhos. Estes processos ameaçam lançar apara o desemprego e pobreza muitos milhares de trabalhadores das empresas afectadas, bem de muitas outras suas fornecedoras. … Continue a ler Transição energética: Por uma via com emprego qualificado!

CENTRAIS DE BIOMASSA, SOLUÇÃO DE PROXIMIDADE PARA REDUÇÃO DAS EMISSÕES DE CO2 *

As centrais de produção de energia pela queima de resíduos da agricultura e da silvicultura têm em vista a queima de resíduos verdes, triturados muito perto das fontes emissoras, transportados até curta distância para estações de transferência e destas para a central de biomassa. As centrais de produção de energia pela queima de resíduos verdes da agricultura e da silvicultura têm características opostas às da … Continue a ler CENTRAIS DE BIOMASSA, SOLUÇÃO DE PROXIMIDADE PARA REDUÇÃO DAS EMISSÕES DE CO2 *

Hidrogénio verde e Sines sem carvão: Duas boas ideias, um mau plano – por Pedro Abreu

Em suma, a estratégia EN-H2 aprovada pelo governo é uma espécie de “tudo ao molho e fé em deus”. Define um menu para produzir hidrogénio para alimentar sem critério todos os sectores da economia e até para o exportar. Porém, o plano é baseado em números que não são sustentados pela realidade da tecnologia actual de produção de hidrogénio. Por fim, as maiores insuficiências de concessão: A estratégia não contém qualquer integração com a electrificação possível e necessária de grande parte da indústria e transportes. Assim sendo, não parte de uma real quantificação das necessidades de produção de hidrogénio, nem de uma definição de actividades prioritárias para a sua utilização. Continue a ler Hidrogénio verde e Sines sem carvão: Duas boas ideias, um mau plano – por Pedro Abreu