Velhos/as são os trapos!

Se é certo que a doença pode ter consequências mais graves nos idosos, também é certo que não atinge todos os que se encontram nesta faixa etária por igual. Há uma percentagem por quem o vírus passa sem deixar sequer sintomas. Por isso não farão nunca sentido medidas de restrição discriminatórias que têm como base, não a situação de saúde de cada um, mas simplesmente a idade que têm. Continue a ler Velhos/as são os trapos!

Dia Internacional da Mulher – Para não dizer que não falei das flores

Menorizadas e subalternizadas ao longo dos tempos, as mulheres foram sempre invisíveis para a história, relegadas para um papel de sombra do homem. Mas nas casas, nas filas de montagem das fábricas, nas lides campestres, nas trincheiras de diferentes conflitos, liberais, pela independência, anticoloniais, batendo o pé por salários dignos, pelo direito a ter voz activa nas decisões do seu próprio país, através das urnas, e também na sua própria vida,  elas foram rebeldia e firmeza. Continue a ler Dia Internacional da Mulher – Para não dizer que não falei das flores