Faleceu Conceição Pereira, lutadora antifascista, feminista, sindicalista, ex-Deputada Regional e cofundadora do BE/Madeira

Faleceu esta madrugada, no Hospital do Funchal, Conceição Pereira, professora, cofundadora do Bloco de Esquerda na Madeira e a primeira pessoa a dar rosto a este projecto político, candidatando-se pelo BE/M.

Em declarações à imprensa regional, Roberto Almada fala numa mulher de armas que toda a vida lutou pelos direitos das mulheres, foi sempre “coerente e uma verdadeira mulher de causas”.

Nascida em 1936, na freguesia do Seixal, no município madeirense de Porto Moniz, Conceição Pereira iniciou a sua ação cívica e política na luta contra a ditadura, opondo-se à opressão, às injustiças e à pobreza que o regime impunha de forma duríssima na Madeira.

Fez parte da direção do Sindicato dos Escritórios, participou na fundação do Sindicato dos Professores da Madeira, do qual se manteve associada até final da vida, bem como da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta. Foi Deputada à Assembleia Legislativa da Madeira, entre 1992 e 1996, pela UDP, de que foi militante e dirigente.

“É uma mulher multifacetada que deixa uma obra literária. Não gostava de ser chamara de escritora, pois sempre afirmou que nunca teve essa pretensão, mas deixou várias obras, a maioria delas tem a ver com a luta dos direitos das mulheres, a defesa dos trabalhadores e dos mais fracos e oprimidos”, recorda Roberto Almada que diz estarmos perante “a perda de uma intelectual e sindicalista” e das pessoas mais “solidárias e generosas” que já conheceu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Google

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Facebook

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.